Um professor britânico de doenças infecciosas deu uma entrevista à BBC e disse qual seria a maneira mais eficaz de evitar a contaminação pelo COVID-19.

Erik Mclean/Unsplash

Graham Medley, professor de modelagem de doenças infecciosas na Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres então respondeu:

A maioria das pessoas tem medo de pegar o vírus. Eu acho que uma boa maneira de fazer isso é imaginar que você já tem um vírus em seu corpo, e mudar seu comportamento, tentando não transmiti-lo

Em sua entrevista veiculada em 13 de março, Medley afirmou que, para a prevenção do corona vírus, não é suficiente apenas usar máscaras médicas e lavar as mãos com mais frequência. Você deve mudar sua atitude em relação à crescente tensão.


"Aja como se estivesse contaminado"


A principal regra de Medley é que as pessoas devem se comportar como se já existe um corona vírus em seu corpo e que está tentando não transmiti-lo a outras pessoas.

Segundo ele, uma pessoa que tem medo de se infectar tem mais probabilidade de decidir sair de máscara do que alguém que se considera doente e responsável pela vida de todos que a rodeiam.


Tradução: Aja como infectado, não evite a infecção. Lave as mãos como se não quisesse transmitir o vírus. Pense nos seus contatos - você deseja infectá-los? Nossa luta, nossa responsabilidade #Covid_19

O período de incubação do coronavírus dura em torno de 11 dias, e o paciente pode nem suspeitar do perigo que representa para os outros. É por isso que a quarentena recomendada pelos médicos é de 14 dias.


Lembre-se que: Se você decidir agir de acordo com o método Medley, não abra mão da sua segurança, acreditando que, como você está doente, o vírus não o ameaça.

Pelo contrário, você precisa dobrar suas próprias medidas de segurança, e em especial, pensar em auto-isolamento.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem