Não espere que os problemas se resolvam sozinhos. Porém, não é por causa deles que você vai perder sua qualidade de vida.

Aqui vão algumas dicas para se tornar mais feliz e menos cansado neste novo ano:


Caju Gomes/Unsplash

1 | Faça uma "dieta" de informações.


Se o seu trabalho não estiver relacionado a estar bem informado, você não precisa estar a par de todas as notícias e eventos mundiais. Para uma pessoa moderna, as informações caem a cada minuto na forma de boletins, mensagens nas redes sociais e notificações no celular. Na maioria dos casos, você não pode ajudar no sofrimento de outra pessoa, apenas ficará com raiva ou sofrerá, e essas emoções negativas sugam sua força e reduzem a produtividade.

Identifique as fontes que lhe fornecerão as notícias e limite o tempo que você gasta nelas. Você sabendo menos - vai dormir melhor. Ainda mais se você for para a cama e dormir, em vez de ficar lendo toda a timeline das redes sociais.

2 | Jogue fora tudo o que não interessa.


Coisas velhas, feias e desnecessárias tornam a casa desleixada, e a bagunça formada ao seu redor estraga o clima. Elimine a fonte do problema, deixe a casa apenas com objetos necessários ou agradáveis.

3 | Analise em quê você gasta tempo.


O tempo é um recurso precioso, mas muitos o gastam muito mal. Desfragmente seu dia como um disco rígido de um computador: pense em como você pode redistribuir seu tempo e assim poder aproveitar melhor seu dia em atividades agradáveis.

4 | Programe-se.


Não é necessário ter o controle obsessivo de todos os eventos da sua vida. Basta conferir sua lista de tarefas. Estabeleça prazos adequados e resolva os problemas assim que puder.

5 | Anote suas idéias.


Nem sempre pensamentos brilhantes vêm à mente na hora certa. Escreva-os em um caderno, em um app como o Evernote no seu smartphone ou em qualquer lugar, para não esquecer. Algumas idéias não parecerão engenhosas depois de um tempo, outras poderão mudar sua vida.


6 | Transforme sua casa em um paraíso.


Faça do seu lar o lugar mais aconchegante do mundo. Cerque-se de coisas boas. Permita-se desligar o telefone ou, pelo menos, alterná-lo para o modo silencioso.

7 | Salve capturas de tela que fazem você feliz.


Crie uma pasta na qual serão mantidas mensagens que lhe dão alegria: declarações de amor, elogios dos superiores, emails engraçados - tudo isso vai animá-lo e restaurar a fé em si mesmo quando algo na vida der errado.

8 | Pare de discutir.


Não é necessário tentar convencer seu oponente de que você está certo. Você só perderá seu tempo e paciência, e o interlocutor, provavelmente, permanecerá com sua própria opinião.

Leonardo Baldissara/Unsplash


9 | Use a cama para a finalidade a que se destina.


Faça coisas agradáveis ​​na cama, ou seja, dormir e sexo. É melhor trabalhar e ler as notícias em outro lugar, caso contrário, a cama não será mais associada a um local de relaxamento.

10 | Encontre uma maneira de fugir dos problemas.


Certamente há algo que lhe permite escapar das dificuldades por um tempo e, pelo menos brevemente, animá-lo. Assistir a um filme, ver vídeos de animais engraçados, montar um quebra-cabeça, desenhar personagens de quadrinhos, ler livros... Faça uma lista dessas coisas e mantenha-as à mão em caso de emergência. Use-a quando precisar se livrar do estresse psicológico e esquecer um pouco da vida.

11 | Lute contra o perfeccionismo


Nem tudo vale a pena fazer perfeitamente . Algumas coisas são fáceis de fazer, outras são complexas demais. Estabeleça prioridades e não tente abraçar o mundo.

Leia também: Antes feito do que perfeito alert-info

12 | Expresse seus sentimentos mais abertamente.


Obviamente, nem todas as experiências valem a pena ser compartilhadas. Mas, em alguns casos, isso pode ser útil. Primeiro, as pessoas vão começar a lhe entender melhor. Em segundo lugar, você perceberá que não está sozinho em seus medos e ansiedades. Por fim, demostrar suas emoções é libertador.

13 | Leia mais livros.


A leitura reduz os níveis de estresse, expande horizontes, permite que você aprenda algo novo e escape da realidade para mundos fictícios, a fim de, pelo menos, esquecer temporariamente as ansiedades.

14 | Diga sim com mais frequência.


Não se trata de concordar em caminhar com um estranho para uma rua escura. Mas lembre-se: quantas vezes você recusou algo interessante apenas por hábito? Você é um adulto responsável com fadiga crônica, relatórios e prazos, mas às vezes vale a pena embarcar em uma aventura para se sentir vivo novamente.

15 | Aprenda a dizer não.


Ser bom para todos não funciona: às vezes você precisa recusar até mesmo um pedido de ajuda, se for uma tentativa de empurrar o trabalho dos outros para você. Seja bom, mas não deixem que se aproveitem de sua nobreza.

16 | Saiba mais sobre você.


Comece um diário ou escreva suas memórias, faça uma árvore genealógica da sua família, experimente todas as frutas e descubra qual você mais gosta - conheça-se melhor.

17 | Viva o presente.


Não adie seus planos, esperando por algo ou pelo melhor momento, deixando de lado a vida. Evite o "amanhã", "a partir de segunda-feira" ou "no ano que vem". Viva o agora!


Qual destas dicas fez mais sentido para você? Qual delas colocará em prática? Me conte nos comentários, logo abaixo!

4 Comentários

  1. Anônimo2:25 PM

    Muito bom!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, muito claro e objetivo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Que bom que gostou! Isso me anima a trazer mais conteúdos como este 😉

      Excluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem