As 10 bandas que mais ouvi em 2014


Acho que sou um dos poucos que usam o site Last.fm para manter as estatísticas das músicas que se ouve. E já que eu tenho uma lista do que mais ouvi no ano, por que não analizar e falar um pouco dela, além de recomendar algumas músicas pra você?

Peguei as dez bandas que mais ouvi em 2014 e falei um pouco de suas músicas. Eu não expliquei bem o som das bandas, peço que você ouça algumas músicas para tirar sua conclusão. O que não está no post, abre em uma nova janela. Combinado?

Então vamos nessa:


1 - KiLLi

Ansiedade, Ando só, Mesmo, Prazo para vencer, Poeira


KiLLi foi a banda que mais ouvi nesse ano. Não se espante de não conhece-la. Trata-se de uma banda nacional de 1999, da época dos fotologs, de hardcore/punkcore/melodic hardcore, enfim… rótulos que nunca definirão banda nenhuma. Acho que os ouço desde o começo dos anos 2000. A banda de garotos com uma garota no vocal durou anos, acabou, voltou e voltou este ano com um novo EP, que veio com um amadurecimento do som da banda, acompanhando tanto seus integrantes como seus fãs. Acho que eles só tocaram ao vivo uma vez neste ano, apresentando o EP, e eu estive neste show. Minha lista diz que a que eu mais ouvi foi “Ansiedade”, mas a minha favorita deste EP é “Ando Só”.


Você pode entrar no Bandcamp e ouvir ou baixar o ep. Não deixe de procurar pela discografia da banda, que é totalmente excelente!



2- Bidê ou Balde

Me deixa desafinar, Mesmo que mude, Lucinha, Mesma cidade, +Q1amigo, João da Silva, Melissa, A lá minuta, Microondas



Adoro essa divertida banda do Sul. Felizmente consegui ir a um show deles neste ano, e o último álbum deles, “Eles são assim, e assim por diante” está recheado de deliciosas canções. A que mais ouvi foi “Me deixa desafinar”, mas a canção Lucinha começa com a frase “Eu adoro essa próxima música!” E eu concordo com ela. +Q1amigo é outra das minhas favoritas, além de achar extremamente bonita a “João da Silva”. 


Não deixe de ouvir "A lá minuta", popzinho viciante. E um clipe bem humorado.



3 - Cake

Sick of you


Ouvi muito “Sick of you” do Cake neste ano. Aliás, eu conheço poucas músicas do Cake, mas as poucas que eu conheço, eu adoro. Como aquela versão deles de Perhaps, perhaps, perhaps. Sei lá, gosto da pronúncia dessa palavra.



4 - Hateen

Tudo fora de lugar


Do Hateen, banda conhecida por ser a outra banda do baterista do CPM22, eu conhecia apenas “1997” e “Quem já perdeu um sonho aqui” que eu sempre ouvi bastante. Mas quando o Spotify apareceu em nossas vidas, essa música apareceu pra mim… eu a ouvi muito.



5 - Mundo Alto

Cortina, De verdade, Planetário, Fase feita


A Mundo Alto é a outra banda do mesmo fundador da primeira banda dessa lista, KiLLi. Parece que eu vou com a cara dele :D

(Aliás, eu já conversei com ele pela internet, e é estranho conversar com o cara que compôs as músicas que você mais curte, geralmente são pessoas inacessíveis. Uma vantagem de curtir bandas independentes!)

A banda tem uma pegada diferente da outra, mas tão boa quanto. A lista diz que estas foram as que eu mais ouvi, mas a minha favorita deles é a "O de sempre, por favor", principalmente pela frase "Quem vai começar do zero, quando falta pouco pra terminar". Dá pra ouvir e baixar todas aqui.



6 - Audioslave

Cochise, Original fire


Tem horas que eu pego uma música que eu estava a muito tempo sem ouvir e repito mais que tudo. A desse ano foi essa. Apesar de eu ouvir muito, mas muito mesmo “Original Fire” também.


7 - Foo Fighters

Congregation, Arlandria


No finalzinho do ano, Dave Grohl soltou cd novo. Oito canções gravadas em oito estúdios diferentes. Enfim, Congregation tocou muito no meu rádinho.


8 - The Hellacopters

By the grace of God, Toys and flavors


Outra banda que de tempos em tempos eu ouço todas as músicas que tenho de uma única vez. Sabe rock com guitarras nervosas e tal… putz é essa banda.


9 - Ira!

Flores em você, O bom e velho rock ´n´ roll, Tolices, Campos praias e paixões


Ira!. O que dizer desta banda que eu conheço tão bem e curto pacas? A banda do meu coração. A top master blaster. Fui em show com a banda original, fui no show solo do Nasi, no show solo do Edgard Scandurra… e tive a imensa alegria de re-encontrá-los tocando juntos neste ano. A lista diz que a que eu mais ouvi foi Flores em você, mas eu tenho certeza que eu ouvi todas ao mesmo tempo. Paz, amor e IRA!



10 - The Rolling Stones

Beast of burden (Live)


Uma surpresa pra mim. Não sabia que eu ouvi essa dos Stones 17 vezes em 2014. A gente está tão acostumado a ouvir os grandes clássicos, que músicas não tão conhecidas soam como novas, apesar desta ser de 1978. Uma grata surpresa!

---

A lista vai longe. Pra não me estender mais, gostaria de falar de uma banda que estou ouvindo bastante atualmente:

Vespas Mandarinas

Cobra de Vidro, Só Poesia, Não sei o que fazer comigo


Acredito que seja uma das novidades mais legais que está aparecendo de leve, devagar e aos poucos no mainstreaming nacional. Com certeza vou ouvir muito em 2015, e quero ir em um show. A música que fez eles aparecerem foi “Cobra de vidro”, mas “Só poesia” é minha favorita, logo ao lado de “Não sei o que fazer comigo”, versão da música também muito bem bolada “Ya no sé que ha”, da banda de rock uruguaia El Quarteto de nos, que você também poderá gostar de ouvir:



---

Se está atrás de outros sons para ouvir, leia um destes livros que eu lhe indiquei, e conheça o site "Não Pulo uma faixa", resenhas de cds tão bons que dá para ouvir de ponta a ponta! Me acompanhe no Last.fm, caso esteja por lá.

E você, o que tem tocado nos seus fones de ouvido?
Tecnologia do Blogger.