20 anos depois, quais suas lembranças de Ayrton Senna?


20 anos se passaram, mas nunca o esquecemos. Nessa data, sempre prestamos nossas homenagens ao Senna, nosso herói nacional.

Tudo o que temos para falar sobre ele, já foi dito. Mas... o que o Senna representou na sua vida ?

Eu comecei a pensar aqui, e me vieram várias lembranças dele.

Acho que a primeira lembrança que tenho como torcedor dele, foi quando eu era muito, mas muito novo, e alguém me perguntou para quem eu estava torcendo, naquela corrida que passava na tv. Lembro de ter respondido "Para o capacete amarelo"...



Em outro momento, me lembro de ter ido dormir chateado, em uma madrugada que fiquei, junto com meu pai, até muito tarde da noite acordado, para assistir a última corrida do campeonato, e logo na primeira curva ele bateu. Mal sabia que eu acabava de ver ele se tornar bi-campeão.

Lembro também de assistir suas corridas, com um carrinho na mão, e sempre que ele fazia uma curva, meu carrinho o acompanhava, no tapete da sala. E ficava bravo quando a tv passava a mostrar outros carros da corrida por muito tempo.

E no dia 01/05/1994 ?

No dia do nosso onze de setembro, eu lembro que não acordei a tempo de ver a corrida. Quando cheguei na sala, meu pai já me avisou "Ayrton Senna foi para o hospital". Fiquei acompanhando a corrida do ponto aonde estava, que só se falava no estado de Senna, ao invés de narrar a corrida que ainda acontecia.

Nesse dia fui ao Parque do Ibirapuera. Aguardamos um pouco para sair, aguardando notícias, até que ela veio. Fomos ao parque, e lembro de ver uma equipe da Rede Globo entrevistando algumas pessoas, perguntando sobre a repercussão do acidente. Na volta pra casa, o letreiro de uma loja, que estava fechada, com algumas palavras de agradecimento. "Valeu Senna !" era o que a gente mais falava e lia durantes aqueles dias.

Na escola, eu estava na segunda série, e lembro da "Tia Cleusa" fazendo uma oração por ele com toda a sala, antes do início da aula, que eu não lembro bem se aconteceu, ou se passamos a aula toda falando sobre ele. Na parede atrás dela, colamos algumas fotos do nosso piloto favorito, e ali ficaram até o final do ano.

No dia 04, aconteceu o cortejo pelas ruas da cidade. Lembro de estar assistindo ao vivo em casa, estudava a tarde. Foi algo imenso. Tanta gente na rua... Uma pena eu não ter ido acompanhar, mas, eu era muito novo, tinha apenas oito anos. Lembro até hoje da versão que compuseram do hino da vitória, que tocou o dia todo.

E quanto o Brasil gritou "É TETRA!" lá estava a homenagem a ele.

Eu colecionava o gibi do Senninha. Fui atrás do número zero, que vinha junto com os salgadinhos da Elma Chips. E lembro de ter comprado a quinta edição com um encarte externo, com algumas palavras sobre o acontecido. Lembro que era grampeado do lado de fora do gibi, e era uma ilustração com todos os personagens cabisbaixos. Cheguei a aparecer na seção de cartas da edição 41, alguns anos depois.

Eu gosto muito do Senna. Você também deve gostar. Engraçado que me dei conta agora que ele continua muito presente no meio dia-a-dia. Só no meu quarto, eu tenho um quadro, uma miniatura, um livro e um dvd sobre ele, a fácil alcance.

Senna foi tudo aquilo que já sabemos : corajoso, determinado, perseverante... mas ele era um cara tão normal quanto eu e você, que brigava com as pessoas, chingava, tinha inimigos... era tão sacana quanto qualquer um. Talvez isso fazia com que nos identificássemos ainda mais. Algo do tipo "Sou bom, mas não sou bobo".

Por aqui no blog eu já citei em alguns outros posts, mas entre eles, um com várias frases e Senna, e outro com uma suposição do que teria acontecido se Senna se levantasse daquele carro e estivesse vivo.

Lhe convido a ler esta série de 12 artigos especiais, escrita por Livio Oricchio, jornalista que estava lá e cobriu todo o final de semana tenebroso. É revelador, é emocionante e contém muitos detalhes até hoje não tão divulgados.

Pesquisar por Senna na internet é rever histórias sensacionais. Faça isso, e compartilhe aqui o que você encontrar.

E você, o que lembra sobre ele ?
Tecnologia do Blogger.