Review completo DartBag : Fotografia e água podem combinar !

Foto da bolsa plástica boiando em uma piscina, com uma câmera fotográfica dentro dela.

Eu sei que você queria uma GoPro.

Mas como diz aquela canção do Ira! : “querer está tão longe de poder”. Porém não vai ser por isso que você vai deixar de fotografar ou filmar embaixo da água !

Até então, ou você compraria uma câmera a prova d’água, ou uma caríssima caixa-estanque, que precisa ser exatamente para o modelo da sua câmera.

Foto da bolsa com a câmera dentro, em mãos, fora da água

A DartBag é uma bolsa plástica, feita com um material altamente impermeável, com uma visor de acrílico para a lente da câmera, compatível com diversos modelos, que acomoda sua câmera fotográfica, tablet (!) ou telefone celular para registrar suas aventuras, por preços acessíveis. Ela vai bem na água da piscina, na água salgada, além de flutuar e aguentar até 8m de profundidade.

Existem vários tamanhos e modelos, até para câmeras DSLR, aquelas profissionais.

Foto de um aquário na loja com um celular, uma câmera grande profissional e uma câmera pequena, todas dentro da bolsa plástica, no fundo do aquário, seguradas por um fio para não boiar.
Celular, Câmera DSLR e Câmera compacta, todos pra dentro do aquário !
Claro que na primeira vez que fui usar, eu fiquei com receio. Então eu usei uma câmera que já estava começando a dar alguns problemas. Pra colocar a câmera é tranquilo :

Camera com um suporte de plástico instalada na parte de baixo, como uma base.
Primeiramente, prende-se a base na câmera, por aquele parafuso que se prende no tripé...
A câmera com a a base e um adaptador na frente da lente, que permite que câmeras com lente exposta possa se movimentar dentro dessa bolsa.
Em seguida, instala-se esse anel que protege a lente...
A câmera dentro da bolsa, porém ainda não fechada.
Acomoda-se a câmera lá dentro...
Close de uma aba de plástico que tem na ponta da bolsa plástica, para lacrar a embalagem.
Dobra-se esse cantinho, e enrola uma mais uma vez, o que lacra totalmente a embalagem...
Uma peça de plástisco que se fecha em torno da aba de plastico, que trava e impede que ela abra embaixo da água.
Agora esse clip para travar a dobra...
Imagem final do conjunto montado.
E está feito ! Sem ferramentas, sem precisar de prática ou tão pouco habilidade !
Foto mostrando com fica a parte de trás da câmera.
Os comandos ficam acessíveis, mas não espere conseguir enxergar a tela... 
Realmente fica um pouco difícil ver a tela da câmera pela bolsa. Dependendo da situação, a foto terá que ser feita sem ter idéia do que se está fotografando.

Depois de tudo verificado, chega aquele momento de tensão : SERÁ QUE NÃO VAI ENTRAR ÁGUA ?
Foto da câmera boiando na beira da água da piscina.

E... não, não entra !

E como ficam as fotos e vídeos ? As fotos ficam muito boas. Cuidando bem do acrílico, sem deixar que ele fique sujo ou com riscos, quase não se nota diferença. Já os vídeos só vão ficar com o som um pouco abafado.

Rosto de um rapaz embaixo da água.

Foto feita de dentro da água mostrando uma pessoa do lado de fora.

Foto do fundo da piscina, bem de perto.

Foto da água mostrando uma bola boiando na água, porém vista por baixo.


Foto mostrando o cordão de segurança da bolsa boiando na água, visto por baixo.

 As vezes a lente de acrílico da bolsa fica um pouco embaçada, acredito que por entrar ar com humidade dentro da bolsa, e o calor da câmera ou até o sol acabe causando a condensação. Por isso é bom você colocar a câmera dentro da DartBag em um lugar seco, longe do local aonde está a água.

Algumas pessoas sugerem colocar saquinhos de desumidificador lá dentro (Aquele “sílica gel” que vem com sapatos novos), ou talvez grãos de arroz, usar o ar condicionado ou produtos específicos para isso. Isso é normal, e acontece inclusive com a GoPro. Fique tranquilo que não vai estragar sua máquina.

Mas ela não serve apenas para fotografar embaixo da água. Se liga só :

Foto mostrando as cataratas de Foz do Iguaçu, visto de dentro de uma embarcação, próximo à queda d'água.

Foz do Iguaçu, uma das novas Sete Maravilhas da Natureza. Um belo lugar para se visitar (e que ainda renderá alguns posts por aqui). Olha essa neblina em volta. Ela está em todos os lugares. Que câmera fotográfica resiste a tanta água ? Lá, você vê todo mundo improvisando com sacos plásticos, toalhas... mesmo que dê um jeitinho, um dia essa brincadeira vai cobrar o preço.

Enquanto eu estava tirando várias fotos e filmando tranquilamente, alguns turistas vieram me perguntar aonde comprar, outros apontavam pra mim como se falassem “A gente precisava de uma daquela...” Se montar uma banquinha na entrada do parque, vai vender muitas lá ! #ficaadica

Se a DartBag aguentou o que passou no vídeo abaixo, ela vai aguentar qualquer coisa !


Nesse vídeo eu acabei esbarrando na câmera e ela se moveu dentro do suporte plástico, mas deu pra perceber que a câmera voltou sã e salva !

Água, poeira... coisas assim que poderiam estragar sua máquina, vão ficar longe dela. Uma barreira a menos para sua criatividade !

Foto bem perto de uma das cachoeiras imensas de Foz do Iguaçu. Muita água, muita neblina, o que é fatal para câmeras desprotegidas da água

E quanto custa ? Bom, aí depende de onde você comprar. O modelo deste review, para câmeras compactadas (DartBag GR) custou algo em torno de R$70, em uma loja de artigos esportivos. Custa entre R$40 (o modelo para telefone celular) a R$130 para as câmeras DSLR.

Gostou, curtiu ? Você tem, quer ter ? Perdeu uma câmera para a água ? Conte nos comentários !

E você, sai fotografando por aí ? Aonde você publica suas fotos ? Tenho algumas publicadas no Flickr e no Instagram. Dê uma passada por lá !
Tecnologia do Blogger.