Ia ser legal chegar junto na frente...

... Mas iam dizer que quero ser diferente.

Pois é né. Não foi dessa vez. De novo.

Se em uma vez o problema é chuva demais, agora o problema foi chuva de menos.

Isso me lembrou aquele epsódio do Charlie Brown, aquele que em um jogo de futebol americano, que ele está ganhando, ele começa a sonhar com a vitória durante o jogo, se distraí e perde.

Mas pelo menos ainda deu pra ver a sambadinha do Rubinho no pódium. E a garrafada que o Montoya deu na cabeça do garoto.

Aí Schummy, esse recorde ainda é meu, trouxa !Mas vamos ver pelo lado bom, O Schumacher não igualou o único recorde que o Rubinho tem sobre ele, que é o de vencer vindo de baixa posição no grid, no caso, Rubens ganhou a sua primeira vitória saindo em 18º, o recorde de Schumacher é 16º...

Outra coisa boa é que foi o segundo Gp do Brasil que ele consegue terminar, dos 12 que ele já participou. Foi quebrado o jejum de 10 anos sem pontos no Gp Brasil, sendo que a ultima vez que um brasileiro pontou, em 1994, foi o próprio Barrichello.

Agora é a torcida para um bom começo da temporada 2005 para Barrichello, quem sabe a gente tem uma surpresa boa com ele no mundial de pilotos... Mas teremos que aguardar até Março de 2005. Vá juntando um dinheirinho para estar em Interlagos ano que vem.


" Fica pra próxima."
Adriano Matos
Adriano Matos

Não sou inteligente. Apenas tenho acesso à internet!

Nenhum comentário:

Postar um comentário