Esta entrevista do Rubinho Barrichello está muito boa. O piloto fala sobre o dia em que a Ferrari o mandou frear, da mágoa de ser chamado pé-de-chinelo e que o público deveria tratá-lo como um pai faz com o filho.
Acho que ele tem razão. Se ele vai mal, todo mundo pisa nele. se ele está bem, ninguem fala. acho que os brasileiros não estão dando a força da qual ele precisa. para você ver. se o Timão vai mal, vc defende ele, seu Mengão tá maus, vc tá lá junto a ele, quando o verdão tá por cima, ninguem diz nada.
Quando é o seu time de futebol, você passa junto com ele os bons e maus momentos. Você não vai e muda de time. Não estão fazendo o mesmo não só com o Rubinho, mas com a seleção Brasileira. pombas, se com o seu time de futebol do coração você tá sempre com ele, estando ruim ou bom, por que você não pode fazer o mesmo ou com a Seleção Brasileira ou com o Rubens ?

Se é para criticar, faça uma critica construtiva, pou !
Tecnologia do Blogger.