Herói Japonês

Foi numa tarde sombria na aldeia de Japurú, nascia um
ser pequenino com um lindo nome de Ku. Com um ano já
falava, com sete já estava lendo, muito esperto e sadio
assim o Ku foi crescendo. Com nove anos de idade,
talentoso pra chuchu, todos na escola admiravam a
inteligência do Ku. Já moço foi aprovado pela escola
militar, vestindo uma linda farda o Ku começava a
brilhar. Com trinta anos de idade, general foi nomeado e
todo Japão dizia: Ku valente foi soldado. Quando partiu
pra guerra esse valente chorava, não era de covardia, o
Ku da mãe se lembrava. No meio da batalha, entre
guerreiros valentes, não quis ficar para trás, passaram
o Ku para frente. E nesta batalha feriu-se, na aldeia de
Japurú, foi uma bala perdida varou o olho do Ku. E os
solados japoneses, numa mágua deserdeira, vendo o
general morto, cobriram o ku com a bandeira. Assumindo
então o comando, o capitão Fumanshú, gritou bem alto aos
soldados: Vamos beijar o Ku. (falta) E a mãe gritava
desesperada:_ Óh meu Deus, perdí meu Ku!


Faltam algumas partes que eu não lembro...
Tecnologia do Blogger.